Como fazer para transferir o Título de Eleitor pela internet

Todo eleitor brasileiros agora pode transferir o Título de Eleitor pela internet. Por conta da crise sanitária, o atendimento presencial nos Cartórios Eleitorais foi suspenso e boa parte dos procedimentos passou a ser realizado de maneira online. Assim, a vida de muita gente ficou muito mais fácil.

O procedimento é bem rápido e simples e as alterações são processadas pelo Tribunal Superior Eleitoral em até 15 dias.

Como proceder para transferir o Título de Eleitor pela internet

Vale lembrar que para o procedimento seja realizado, o eleitor não tenha nenhum débito ou pendência junto ao TSE. Caso apresente alguma pendência, deverá resolvê-la antes de solicitar a transferência, do contrário, o procedimento não será realizado.

Documentos necessários para transferir o Título de Eleitor:

Será necessário ter estes documentos em versão digitalizada, para poderem ser enviados eletronicamente:

  • RG ou outro documento de identidade oficial com foto
  • CPF
  • Comprovante de Residência

Para transferir o Título de Eleitor pela internet, siga com os seguintes passos:

  1. Acesse o site oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e clique na opção “Eleitor e Eleições”;
  2. Na coluna “Eleitor” que fica do lado esquerdo da tela, clique na opção “Título de Eleitor”;
  3. Em seguida, no campo “Como transferir seu Título”, clique em “Acesse a página do TítuloNet”;
  4. Role a página e encontre o link “Iniciar seu atendimento à distância”;
  5. Escolha a UF para a qual deseja atendimento, ou seja, o Estado onde pretende realizar a transferência do Título de Eleitor;
  6. Clique em “Próximo” e vá seguindo as orientações da tela. Na primeira, informe se tem o número do Título em mãos e os principais dados pessoais como nome, data de nascimento e filiação;
  7. Ao final do processo, será gerado um número de protocolo. Guarde-o em um local seguro. Com este número, acesse esta página para acompanhar o andamento do processo.

Cerca de 15 dias após a solicitação, caso o eleitor não tenha o número do protocolo em mãos poderá acessar o aplicativo e-Titulo e verificar se os dados foram atualizados. Se após este período encontrar inconsistências, será necessário entrar em contato com o Cartório Eleitoral.

Para encerrar, para transferir o Título de Eleitor, é preciso que o cidadão esteja há pelo menos três meses no novo endereço e que a última transferência de título tenha sido feita há pelo menos um ano. Se a mudança foi feita para o exterior, deve-se solicitar a transferência de domicílio eleitoral diretamente na embaixada brasileira situada no novo local de residência.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.